quarta-feira, 19 de novembro de 2008

A saudade


Tiro um retrato com a velha máquina,
a mesma máquina que sempre deixo em cima da mesa,
a mesma mesa que sempre vi desde criança,
a mesma mesa em que me lembro sorrir,
e sinto tudo tão longe de mim,

com sabor a saudade.

1 comentário:

Brancamar disse...

É bonita esta saudade, que contém a nossa história, os objectos e as imagens da infância, de todo o percurso até à vida adulta.
Nós guardamos tudo no mais fundo da nossa memória, são as nossas relíquias, os ambientes associados às nossas raízes.
Bem haja por partilhar connosco.
Beijinhos

"Virás aqui sempre"

"Virás aqui sempre"

A ternura vem nos teus gestos de bondade,que a bondade guie sempre a tua vida.

A ternura vem nos teus gestos de bondade,que a bondade guie sempre a tua vida.

Opões-te à verdade,da tua falta sofrerás as consequências por a teres esquecido.

Opões-te à verdade,da tua falta sofrerás as consequências por a teres esquecido.