terça-feira, 16 de dezembro de 2008


"Não preciso de muito para ser feliz,
tenho a virtude da simplicidade,
pureza de alma
para viver assim."

15 comentários:

Serena Flor disse...

Passando pra te deixar meu beijo e te desejar um ótimo dia!

Minho disse...

HUMMMM Interessante esse espaço exótico. Diria místico... quase perfeito, se não fosse os temas fragmentados.

Parabéns!!! E um feliz natal repleto de castanhas e nozes na tua mesa.

GarçaReal disse...

Agradeço e venho retribuir os votos de Boas Festas

Bjgrande do Lago

Serena Flor disse...

Invente seu Natal!
Faça algo diferente!
Faça o melhor que puder com aquilo que tiver!
Enfeite-se, alegre-se.
Se não tem dinheiro, encha seu coração de amor! Seja a própria árvore com bolinhas coloridas e muito riso!
O calor que emana do seu abraço dinheiro nenhum no mundo
poderia comprar.
Dê um abraço, um sorriso, um te gosto, um te amo. Seja você o presente!
Um Natal de muita paz e luz pra você! Bjs.

Je Vois la Vie en Vert disse...

Verdades que são agradáveis a ler !

Caro Divinius,

Agradeço a tua passagem no meu blog bem como os teus votos de Feliz Natal que retribuo com amizade !

Beijinhos verdinhos de esperança

vendaval com poesias disse...

Concordo
a felicidade encontrá-se nas pequenas coisas.
Venho agradecer sua visita, e desejar um ano de luz em sua vida.
abraços

Serena Flor disse...

"O Ano Novo ainda não tem pecado:
É tão criança...
Vamos embalá-lo...
Vamos todos cantar juntos em seu berço de mãos dadas,
A canção da eterna esperança."

Mário Quintana

Um grande beijo, um lindo dia, uma ótima semana e
um maravilhoso 2009 pra você!
Com o carinho de sempre...Serena.

lua prateada disse...

Passei desejando um lindo 2009...
E assim é...mais um ano,pois...
na melodia do vento, xuva, sol e tempo...
Nós vamos passando como uma brisa de
saudade passada e futura...

Beijinho com carinho e o desejo de tudo de bom!...

SOL

Serena Flor disse...

Te desejo um Domingo de paz e muita luz meu amigo! Bjs.

Pinipom disse...

e Assim dizes tudo emtão pouco =D

beijo

Neia

manzas disse...

Tocavam os raios ensolarados e madrugadores
Nas vastas planícies, terras por conquistar…
Do chão brotavam vidas e esperanças de amores
Colhidas por ninfas ao som de flautas, a dançar

Mas nessas terras, também corriam ventos de tirania
Trazidas por lordes e senhores de um Rei ditador…
Cobrando liberdade a um povo que por ela ardia
Forçados às leis impostas pelas espadas, suor e dor

Um resto de uma agradável semana!

Bem-haja!

O eterno abraço…

-MANZAS-

O Profeta disse...

A palavra é semente
Que floresce na luz de cada alma e enternece
Às vezes é doce veneno
Às vezes taça de cidra que o peito aquece

Ser Poeta é tanto, tão pouco
É transformar em crentes os ateus
É domar todas as tempestades da alma
É estar mais perto de Deus


Mágico beijo

manzas disse...

O sol rasga os panos do horizonte
Em pacífico brilho de sua magnitude…
Cadenciado ondular que em mar bronze,
Excelsa beleza no marulhar da virtude!

A rocha na ânsia do dia, bebe sedenta do mar,
Firmada num profundo e desigual chão azul …
Cristalizadas águas reflectem o planar,
Das majestosas e imperais… gaivotas do sul!

Gostava que comigo
Desse asas á sua imaginação,
No… “Portal da rocha… penedo do guincho!”

Um bom fim-de-semana,
Com muita inspiração
E na mente… um sorriso!

O eterno abraço…

-MANZAS-

Deusa Odoyá disse...

Olá meu amigo .
Um espaço lindo e iluminado.
Não precisa de mais nada, tens o sufuciente para dar forças a sua alma.
Beijinhos doces.
Regina Coeli.
Uma semana abençoada por Deuis.
Espero sua visita ao meu cantinho.

Pjsoueu disse...

"Não preciso de muito para ser feliz,
tenho a virtude da simplicidade,
pureza de alma
para viver assim."

Muito bem...

abraço

Pj

"Virás aqui sempre"

"Virás aqui sempre"

A ternura vem nos teus gestos de bondade,que a bondade guie sempre a tua vida.

A ternura vem nos teus gestos de bondade,que a bondade guie sempre a tua vida.

Opões-te à verdade,da tua falta sofrerás as consequências por a teres esquecido.

Opões-te à verdade,da tua falta sofrerás as consequências por a teres esquecido.